Produção de ovos cresce 7,2% no 2º trimestre e bate recorde


O resultado aponta ainda um crescimento de 1,9% na produção sobre o primeiro trimestre de 2019
Produção de ovos cresce 7,2% no 2º trimestre e bate recorde

A produção brasileira de ovos de galinha cresceu 7,2% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com a Pesquisa Trimestral da Pecuária, produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram produzidas 942,45 milhões de dúzias de ovos. Considerando a série histórica da pesquisa, iniciada em 1987, a produção foi recorde, superando o pico anterior obtido no 4° trimestre de 2018 quando foram produzidas 941,42 milhões de dúzias.

O resultado do último trimestre, segundo o IBGE, aponta ainda um crescimento de 1,9% na produção sobre o primeiro trimestre de 2019. Naquele período foram produzidos 924,748 milhões de ovos de galinha.

A produção nacional de 62,91 milhões de dúzias de ovos a mais, em relação ao mesmo trimestre de 2018, foi impulsionada por aumentos em 22 das 26 UFs com granjas enquadradas no universo da pesquisa. Os maiores aumentos quantitativos ocorreram em São Paulo (+18,05 milhões de dúzias), Ceará (+9,12 milhões de dúzias), Minas Gerais (+7,70 milhões de dúzias), Paraná (+7,59 milhões de dúzias) e Espírito Santo (+7,35 milhões de dúzias).

São Paulo seguiu como maior produtor de ovos, com 28,9% da produção nacional, seguido pelo Espírito Santo (9,6%), Minas Gerais (9,4%) e Paraná (9,1%).

Mais da metade das granjas do país (56,9% ou 1 071), produziram ovos para o consumo, respondendo por 82,0% do total de ovos produzidos, enquanto 812 granjas (43,1%) produziram ovos para incubação, respondendo por 18,0% do total.

Fonte: https://www.aviculturaindustrial.com.br

Vagas disponíveis

  • Cadastrar Currículos

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/uniaoavicola/www/portal/wp-content/themes/gswtema/single.php on line 101